domingo, 31 de outubro de 2010

MARATONA BTT POVOA VARZIM

Este ano no dia 9 de Outubro, lá rumei eu, meu filho Ricardo, cunhado Paulo e amigo Pereira, para participar-mos na Maratona de BTT da Povoa Varzim. Alguns de nós já vamos na 4ª participação na prova (eu meu filho Ricardo) outros já são repetentes (Pereira) e meu cunhado era o que iria fazer a prova pela primeira vez. Não a efectuou (com grande mágoa e desilusão), pois teve de regressar ao Porto para resolver uns problemas na Empresa que possui. Nota-se que anda crise no ar, pois este ano a maratona tinha muito menos atletas que nos anos anteriores, também havia menos atletas femininos, de resto tudo normal. Também desta vez a partida foi efectuada numa rua lateral, junto há Praça de Touros, não tendo sido efectuada a volta de apresentaçao (percurso citadino feito por todos os BTTistas a uma velocidade baixa onde normalmente reinava uma grande camaradagem) tendo logo a Maratona partido com destino ao Monte de S. Felix, uma das grandes dificuldades da prova. O percurso este ano tinha trilhos novos mas a grande maioria deles já é bem conhecida dos BTTistas, pelo menos para aqueles que já efectuaram esta prova mais que uma vez. Este ano pela primeira vez se efectuou a maratona em terreno super elameado, devido há muita chuva que caiu nos dias anteriores, o que dificultou e muito a prova a todos os atletas, também este ano teve outra particularidade, é que a Meia maratona tinha um percurso em kilometragem bem superior ao que todos os atletas estavama a contar (tinha cerca de 54 kilometros contra os cerca de 40 kilometros que costumam ter). No contexto final foi uma prova dura, com trajectos que na sua maioria já conhecia e que terminei, tendo também gostado de efectuar. Não efectuei fotografias do evento pois estava a contar com mau tempo.

domingo, 19 de setembro de 2010

DHU GUARDA 2010

Dia 19 de Setembro de 2010 o Ricardo e Pedro fizeram mais uma prova de DHU desta vez na Cidade da Guarda. Como sempre depois do reconhecimento do percurso feito pelos dois a pé, por volta da 10 Horas começaram os treinos livres. O percurso era extenso, exigente tanto a nivel fisico (pois tinha zonas de muito pedal) como também era técnico. O inicio do percurso saía da zona do Castelo, tinha dois saltos exigentes antes da zona da Sé Catedral, onde existia um salto relativamente dificel e depois descia vertiginosamente pelas ruas estreitas da cidade velha da Guarda (Mouraria) para depois de entrarem numa zona plana, onde os atletas tinham de dar ao pedal, desciam por um parque, num misto de escadas de pedra (granito polido) e escadas de madeira, mas com terra batida e em curva e muito escorregadio. Todos os atletas acharam que o percurso estava muito bem delineado, tendo os mesmos gostado de o efectuar, estando a organização de parabens por nos proporcionar mais um belo espectaculo de DHU. Pela primeira vez o Ricardo gravou em video toda a extensão do percurso. video Aqui ficam as fotos possiveis

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

DHU - VISEU 2010

Domingo dia 29 de Agosto de 2010, realizou-se, em Viseu mais uma prova de DHU, onde Ricardo (Dorsal 718) e Pedro (Dorsal 719) tornaram a efectuar. Vão na segunda participação desta bonita e desgastante prova (já que participaram também em 2009). Prova realizada básicamente no mesmo percurso do ano passado e debaixo de um calor abrasador. Aqui ficam fotos possiveis dos treinos livres realizados de manhã e das duas mangas efectuadas de tarde. Quem quiser ver videos sobre a prova siga estes LINKS http://videos.sapo.pt/Ef83oczBrCycvahLTgNV http://www.mauriciomatos.tv/?p=248

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

PROVA DE DOWN TOWN DE PONTE DE LIMA

Num dia de muito, mas mesmo muito calor em finais de Julho de 2010 meu filho Ricardo participou no DHU de Ponte de Lima, prova organizada pelos BaToTas, (clube de BTT de Ponte de Lima)que todos os ultimos 4 anos costuma organizar esta prova, nesta bonita cidade. Nesta prova o Ricardo já participou com a nova "montada" a BIGHIT1, maquina mais adaptada para estas andanças e que foi adquirida nem há um ano. Depois de uns treinos atribulados, descidas com alguns furos, e algumas afinações da "máquina" tudo estava preparado para as descidas a doer. Tinha-lhe sido atribuido o Dorsal 31, sendo portanto o trigésimo primeiro a sair para fazer a primeira descida a "doer". Não correu mal, isto à primeira vista, pois mais tarde verificou-se que a somar ao tempo da descida havia a somar uma penalização de 10 segundos, por uma falha na efectuação do percurso marcado. Claro que esta penalização o atirou para o fim da tabela classificativa, mas como ainda só agora é que se está a adaptar há nova máquina, até nem correu mal. Na segunda manga até vinha a efectuar uma boa descida, também estava a arriscar mais, mas para infelicidade dele houve uma avaria na BIGHIT1 (saltou a corrente), junto ao salto mais espectacular da prova (dentro da zona histórica da cidade de Ponte de Lima) o que o impeduiu de continuar a prova até final. Claro que ficou desiludido, mas, no computo geral, valeu a pena participar nesta prova. Como recordação aqui ficam algumas fotos efectuadas com uma máquina nova (onde o fotografo, eu) não soube tirar fotografias por não ter lido o manual de instruções. Acho que ficaram em negativos, e não dá para converter para fotos normais, apesar de todos os esforços efectuados pela minha pessoa, mas são as fotos possiveis.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

24 HORAS DE BTT DA JUNQUEIRA

No dia 10 e 11 de Julho de 2010, os companheiros (Estrada de Sousa, Bernardino Soares, Barcia Soares, Pereira, Jose Soares, Ricardo Soares, Paulo e Pedro) organizada numa equipa de OITO elementos (ALCATEIA DA MATRIZ), participamos nas 24 Horas de BTT da Junqueira, freguesia rural de Vila do Conde. Alguns de nós já tinhamos participado no mesmo evento do ano anterior, integrados numa equipa de QUATRO elementos e como correu pelo melhor e todos gostamos, desta vez desafiamos mais Quatro para participar neste evento. A prova é organizada pela SCHOOL EVENTS, conjuntamente com a junta de freguesia da Junqueira e com o apoio da Camara Municipal de Vila do Conde e nota-se que de ano para ano se tenta melhorar as condiçoes inerentes ao evento (alojamento, percurso, afixaçao de resultados, segurança, etc). Desta vez a prova começou às 11 horas da manha de sabado dia 10, depois de um pequeno brifing onde se foram esclarecidas alguns questões, sendo as mais importantes as relacionadas com a segurança dos BTTistas durante a prova. Também desta vez a Organização nos brindou com um percurso mais curto, (cerca de 10 Kilometros) mas enganador, pois apesar de mais curto que o do ano passado, era mais rolante, não tinha grandes subidas, mas era mais desgastante e mais tecnico, e quanto a mim muito bem conseguido. O primeiro elemento da equipa a sair foi (como sempre o Pedro), tendo de seguida passado o testemunho ao Pereira, que depois passou para o Paulo, Ricardo, Jose Soares, Estrada de Sousa, tendo depois este passado o testemunho para o Bernardino Soares que por sua vez passou para o Barcia Soares, tendo estes DOIS elementos da equipa feito (intercaladamente) TRES voltas, já que por varios motivos não podiam estar durante a noite, nem na manhã de Domingo, tendo ficado a responsabilidade da continuaçao das voltas pela equipa pelos restantes SEIS elementos. De salientar que tanto o Bernardino Soares como o Barcia Soares, fizeram sempre voltas na ordem dos 30 e poucos minutos o que demonstra o ritmo de pedalada destes DOIS elementos, só estando há altura destes tempos o Ricardo Soares e Pedro, já que os restantes elementos fizeram voltas na ordem dos 50 minutos. Como sempre a parte mais dificel é a Noite, pois origina uma maior aplicaçao técnica dos BTTistas e também uma maior consentraçao devido a alteraçoes do estado da pista (devido às muitas passagens dos BTTistas pelos mesmos trilhos) como até aos muitos obstaculos que ficam sempre invisiveis devido há falta de luz natural, o que torna as voltas ainda mais lentas e feitas com muito mais cuidado. Por volta das 5 horas da manha o Estrada de Sousa, que também tinha de voltar para o Porto terminou a sua volta, tendo o Jose Soares começado novamente a frequentar os trilhos por volta da 8 horas, tendo depois passado o testemunho ao Ricardo Soares que iria tentar fazer 2 voltas consequtivas (acabaram por ser 3) tendo o mesmo concluido as 24 Horas. No final a equipa ficou em 5º lugar na classificaçao final das equipas de 8 elementos, tendo efectuado 29 voltas ao circuito, tendo ainda parado cerca de 2 horas. Valeu a pena esta participaçao, pois alem da grande competição que originou, tambem houve boa disposiçao e muitos reencontros com elementos BTTistas desta grande familia. Apesar da muito boa vontade de todos os elementos da equipa, não foi possivel ter tirado fotos, pelo que as que vão ficar neste "POST" são as que a Organizaçao disponibilizou no "BLOOG" do evento. Também aqui fica escrito que para o ano lá tentaremos estar para mais uma vez participar neste grande evento desportivo realizado próximo da cidade do Porto e junto da bOnita Cidade de Vila do Conde. A ALTIMETRIA O PERCURSO O RICARDO NO FINAL DAS 24 HORAS AS FOTOS POSSIVEIS