sexta-feira, 31 de julho de 2009

PROVA DE DHX VILA NOVA DE GAIA - 2009

No domingo dia 26 de Julho de 2009, meu filho Ricardo e sobrinho Pedro participaram mais uma vez na Prova de DHX em Vila Nova de Gaia. O percurso era mais ou menos parecido com o DHX de 2008, tendo a Organização alterado o posicionamento dos obstáculos e uma pequenissima parte do percurso. O traçado da pista começava no Jardim do Morro, frente ao Quartel do RA5, e terminava junto da Ribeira de Gaia, tendo os atletas de descer as escadas e ruelas da parte velha de Gaia. Este ano também havia mais Atletas, que no ano passado principalmente na Classe de Promoção, o que demonstra o maior interesse de muita malta na variante de DONWHILL URBANO. Prova muito exigente técnicamente e fisicamente, já que o traçado da pista tem ruelas estreitas de acentuado desnivel, em pedra tipo "rachão", assim como dois lanços de escadas, sendo um dos lanços de escadas exigente técnicamente, já que é em forma de "Z". Algumas fotos da prova

On Sunday July 26, 2009, my son and nephew Ricardo Pedro participated once again in the Proof of DHX in Vila Nova de Gaia. The route was more or less like the DHX 2008 and the Organization changed the position of obstacles and a small part of the route. The layout of the track began in the Garden of the Hill, opposite the Barracks RA5, and ended at the Ribeira de Gaia, taking athletes down the stairs and alleys of the old part of Gaia. This year there were more athletes, who last year primarily on Class Promotion, which shows the greatest interest a lot of malta in the variant of DONWHILL URBAN. Proves technically and physically very demanding, since the layout of the track is marked unevenness of narrow alleys, stone type "rachão" as well as two flights of stairs, one of the flights of stairs technically demanding as it is shaped "Z ". Some pictures of proof

Pedro Ricardo http://www.youtube.com/watch?v=mP223vUQvTg

quarta-feira, 15 de julho de 2009

24 HORAS DE BTT DA JUNQUEIRA - VILA DO CONDE

Nos dias 11 e 12 de Julho de 2009, Ricardo Soares, Pedro Oliveira, José Soares e António Pereira, da ALCATEIA DA MATRIZ, participamos nas 24 Horas de BTT da Junqueira, uma freguesia de Vila do Conde. Fomos pela primeira vez fazer uma prova deste tipo, o que nos deixava um bocado apreensivos. Por volta das 10H30m já estavamos na Junqueira para montar o nosso "PADOCK", (fogareiro para assar feveras, frango, uma tenda e um suporte para bicicletas, isto tudo localizado no campo de futebol. Depois de afinadas a BIKES, lá foi para o local de partida o Pedro Oliveira, já que as 24 Horas começavam às 12 HORAS do dia 11 de Julho e ele seria o primeiro Elemento da Equipa a começar. A tactica da Equipa era começar cada elemento da equipa por fazer uma volta ao percurso de cerca de 14 Kilometros (reconhecimento) e depois começariamos a fazer 2 voltas por elemento, tentando fazer essas 2 voltas num tempo máximo de 2 horas. Depois de todos os elementos terem feito as 2 voltas que era a táctica establecida, optou-se por alterar a táctica para só uma volta pois as 2 voltas revelaram-se muito duras e iriam mais tarde os elementos da equipa ressentirem-se do esforço que estavam a dispender. Quando começou a cair a noite, foi mais uma azafama no "PADOCK" pois era preciso começar a montar as luzes nas Bikes, tendo a equipa optado por montar 2 "farois" em cada Bike, pois o percurso era essencialmente por meio do milho, bouça de pinheiro e eucalipto, tendo muita pouca estrada com iluminação pública o que a tornaria muito dura não no aspecto fisico mas sim no aspecto técnico, por falta de luz natural. Por volta das 4 Horas da manha de 12 de Julho a equipa decidiu parar por cerca de 4 horas já que estava a ficar cansativo pedalar durante a noite devido à muita concentração que tinha de se ter, devido ao esforço da visão, pois não estava nada facil pedalar de noite. Às 6 horas da manhã recomeçou-se a pedalar sempre com a táctica de 1 volta por atleta, tendo terminado as 24 horas o Jose Soares, tendo feito a equipa 23 Voltas. A opinião quanto á Organização desta prova posso afirmar que estava muito bem organizada, pessoal simpatico e muita populaçao a assistir à prova. Quanto à segurança da prova nada a apontar, sempre a GNR e elementos da Organizaçao nos cruzamentos para garantir a segurança dos BTTistas de todas as equipas participantes. Reforços alimentares do melhor, nunca faltando Àgua, bananas, Laranjas, e outras iguarias. Banhos sempre de água quente e em instalações com tamanho suficiente para todos os BTTistas, até massagens tinha. Bombeiros de Vila do Conde sempre presentes no percurso das 24 Horas e uma tenda Hospital na zona de meta, durante a duraçao da prova. Controlo de tempos eficiente tendo os mesmos sido afixados de hora a hora pela organização na zona de meta. Camaradagem das restantes equipas como nunca vi, ficou patente nesta prova o verdadeiro espirito do BTT, o pessoal sempre bem disposto e sempre disponivel para ajudar outra equipa qualquer. Como balanço final aconcelho vivamente os BTTistas mais afoitos a participar nestas 24 Horas da Junqueira, vão ver que não se arrependem. Aqui ficam algumas fotos:

On 11 and 12 July 2009, Ricardo Soares, Pedro Oliveira, José Soares and António Pereira, the ALCATEIA MATRIX, participated in the 24 Hours of BTT Junqueira, a civil parish of Vila do Conde. We first make a proof of this kind, which made us a bit apprehensive. Around 10.30 am we were already in Junqueira to assemble our "paddock" (brazier for roasting feveras, chicken, a tent and a bike carrier, all this located on the football field. After the tune BIKES, was there to place of departure Pedro Oliveira, as the 24 Hours began at 12 noon on July 11 and he would be the first element of the team to start. tactical team was to get each team member to make a return to the path of about 14 Kilometres (recognition) and then we would start doing 2 laps per element, trying to make those two laps in a maximum time of two hours. after all elements have made the second lap it was establecida tactic, it was decided to change the tactic to only one back because the two laps proved too harsh and would later team members resent the effort-they were spend. When night began to fall, was more bustle in "paddock" for it took begin assembling the lights in Motorcycles having the team chosen mount 2 "headlights" for each bike, since the route was essentially through corn Bouça pine and eucalyptus, and very little road with street lighting which would make it very not hard on the physical aspect but the technical aspect, for lack of natural light. Around 4 am on July 12 the team decided to stop for about four hours since it was getting tiring pedaling at night due to too much concentration that had to be due to the stress of view, because there was nothing easy pedaling night. At 6 o'clock in the morning they resumed the ever-pedaling with the tactics of 1 round per athlete, having completed the 24 hours of Jose Soares, having made 23 Laps team. The opinion as to the organization of this event I can say that it was well organized, friendly staff and lots of population to watch the race. On security proof of anything to point, always the GNR elements and the Organization at intersections to ensure the safety of BTTistas of all participating teams. Eating the best ribs, never missing Àgua, bananas, oranges, and other delicacies. Always hot water baths and facilities of sufficient size for all BTTistas even had massages. Firefighters from Vila do Conde always present on the route of 24 hours and a hospital tent at the finish area during the duration of the race. Efficient control having the same time been posted every hour by the organization in the target zone. Camaraderie of other teams I ever saw, it was clear this proves true spirit of mountain biking, the staff always well prepared and always available to help any other team. As a final balance strongly aconcelho the boldest BTTistas to participate in these 24 Hours of Junqueira, will see that they do not repent. Here are some photos:

Vejam o video no youtube http://www.youtube.com/watch?v=B0hZZrtTw2M video